Mais Acessadas

'A ginástica rítmica foi fundamental', afirma Allana Gatti

Exercícios foram incorporados à coreografia da candidata do COCB, que levou o título de 4ª princesa do 'Rainha das Rainhas 2013'


Por: Lidiane Sousa (ORM News) Em 21 de janeiro, 2014 - 09h09 - Rainhas

Ser coroada a ‘Rainha das Rainhas’ do carnaval paraense ou estar entre as quatro princesas deste tradicional concurso que reúne luxo, beleza e fantasia, é o sonho de muitas jovens. Mas para fazer parte desse time de realezas é preciso, literalmente, suar a camisa, como foi o caso de Allana Gatti, candidata pelo COCB, em 2013, que conquistou o titulo de 4ª princesa.  

Rainha do COCB, de 2013, relembra a coreografia que lhe garantiu o título de princesa do carnaval paraense / Foto: Lidiane Sousa (ORM News)

Em entrevista ao ORM News, Allana relembrou como foi a sua preparação. ‘Quando eu tive a oportunidade de participar, eu me dediquei ao máximo e a minha principal preocupação na hora da apresentação era fazer o meu melhor, porque aquele era o meu momento’, afirma.

Para ter um melhor condicionamento físico, a candidata do COCB reforçou os treinos de musculação. 'Eu fui atleta de ginástica rítmica durante 12 anos, então, o esporte já fazia parte do meu cotidiano e quando saí da ginástica eu continuei a fazer musculação. Como eu fui escolhida muito próximo do concurso, intensifiquei meu treino na academia, principalmente porque tinha que ter muita força na perna, até pela minha coreografia, que era bem puxada, e pelo peso da fantasia', explica. 

Allana Gatti durante a apresentação no Rainha das Rainhas 2013 / Foto: Alexandre Modesto

Allana revela ainda que a ginástica rítmica foi uma grande aliada em sua apresentação, já que alguns exercícios fizeram parte de sua coreografia, assinada por Marcelo Riva. ‘Achei muito interessante porque ele casou o meu esporte, que é a ginástica rítmica, que usa bastante as pernas, a flexibilidade, com o personagem, pra gente tentar inovar. Eu fiquei muito feliz, porque o público gostou, todo mundo aplaudiu e eu me senti realizada. Foi uma ótima escolha’, afirma a candidata.

Allana desfilou com a fantasia ‘Rose Blanc - O esplendor da Belle Époque’, uma homenagem à primeira bailarina do Moulin Rouge que se apresentou no Theatro da Paz. Dançando ‘can can’, ela encantou a torcida do clube. 
A participação no concurso foi uma realização pessoal e Allana relembra com saudosismo este momento. ‘Na hora da premiação eu fui chamada entre as cinco colocadas e fiquei muito feliz. A premiação é muito importante, claro, mas o principal foi ter participado, me apresentar da forma com que eu me propus e da melhor forma que eu pude fazer e ver que as pessoas também gostaram do meu trabalho, essa foi a minha melhor recompensa’, acrescenta.