Mais Acessadas

Índios mostram toda intimidade com o futebol


Por: Redao Online Em 17 de agosto, 2005 - 15h03 - Amazônia

Redação Online
De Altamira
Fotos: Portal ORM e Agência Pará

A tribo Gavião conquista mais um título nos II Jogos Tradicionais Indígenas do Pará. Na verdade, nesta quarta-feira (17), a tribo foi campeã no futebol, nas categorias masculina e feminina. Ontem, os Gavião venceram com a índia Cláudia Gavião a corrida dos 100 metros feminino.

Os jogos começaram às 8 horas, no estádio 'Bandeirão', com a semifinal entre Gavião e Guarani, com goleada dos Gavião por 5 a 1. Logo depois, as tribos-irmãs Kayapó e Xikrins se enfrentaram na outra semifinal. Um jogo equilibrado que teve  a vitória dos Kayapós por 2 a 1. Após a partida, os atletas dão a volta no estádio, para comemorar, sempre cantando. Depois, abraços nos índios que ficaram de fora da final.

A disputa do terceiro lugar foi entre Xikrins e Guarani. Apesar do cansaço, por ter acabado de disputar um jogo da semifinal, os Xikrins venceram com certa facilidade os Guarani, com placar em 3 a 0.

A partida entre Gavião e Kaiapó foi bem disputada, como não poderia deixar de ser, já que valia o título masculino de futebol. Após empate no tempo normal em 1 a 1, a decisão ficou para as penalidades máximas.

Também nas cobranças o equilíbrio prevaleceu. O placar foi decidido apenas na última cobrança. A série de pênaltis ficou em 2 a 2. Na quinta e última cobrança a equipe Gavião marcou, celebrando o título com muita dança e canto.

O técnico Pana Gavião comemora a vitória. 'É um sacrifício vir para cá, cansa muito. Se viemos, é para mostrar nossa força, o que temos de melhor. Temos esse espírito de competividade e três meses antes dos Jogos começamos os treinos', conta Pana. Segundo ele, o time é a base que vai buscar o bi campeonato dos Jogos Indígenas Nacionais, em Fortaleza.

Mulheres - No futebol feminino, não deu para ninguém. As meninas da etnia Gavião, do município de Bom Jesus do Tocantins, foram as campeãs. Com uma boa campanha, mantendo média de oito gols. Elas venceram por 2x0 a equipe Aikewara, de São Geraldo do Araguaia, no campo do Xingu Praia Clube. Além do título, os Gavião comemoraram a artilharia do campeonato, com oito gols da atacante Hakakwyí, de 20 anos.

A equipe dos Aikewara, vice-campeã, não conseguiu desarmar o esquema de defesa e nem controlar o forte ataque montado pelo técnico Marino Gavião. O jogo foi decidido logo no primeiro tempo, com gols de Jokapire e Hakakwí Gavião. Ainda pelo futebol feminino, o povo Xipaya venceu os Juruna por 4x0 e ficou com o terceiro lugar.

Para Carlo Saço, treinador da equipe Aikewara, o resultado já era esperado porque as jogadoras quase não têm experiência. “Na aldeia temos vários problemas com o futebol feminino porque as meninas engravidam muito cedo e fica difícil treinar uma equipe fixa”, explicou.

Na tarde desta quarta-feira, a programação continua com os Jogos Tradicioais, na Arena. Estão previstas as modalidades: cabo de guerra, Xikunahity (futebol de cabeça), lutas corporais, akô e os cem metros masculino.