Mais Acessadas

Grupos Extrafarma e Ultra assinam fusão

As regiões Norte e Nordeste serão o foco inicial da expansão


Em 02 de outubro, 2013 - 07h07 - Negócios
O acordo de associação assinado na última segunda feira entre a Extrafarma, uma das dez maiores redes de drogarias do país, com o Grupo Ultra, uma das maiores companhias brasileiras - que atua no mercado por meio das marcas Ipiranga, Ultragaz, Oxiteno e Ultracargo - deve garantir uma expansão maciça da rede de farmácias. Após consolidado e aprovado pelos órgãos reguladores, a Extrafarma introduz uma quinta área de negócios no Ultra, o varejo farmacêutico.

A união nasceu de um desejo comum às duas empresas. Enquanto a Extrafarma ansiava por expandir ainda mais sua rede de lojas, o Grupo Ultra procurava entrar no mercado de farmácias. “Foi um casamento. Tínhamos o sonho de perenizar e perpetuar a empresa e buscávamos a parceria certa para tal”, disse o presidente executivo da rede, Paulo Lazera. 

O diretor presidente do Ultra, Thilo Mannhardt, ressaltou que não houve aquisição da Extrafarma por parte do Ultra, e sim uma associação entre os dois. “Nossa intenção nunca foi comprar a rede. Paulo Lazera continuará comandando o negócio, que contará comos instrumentos de governança e a capacidade de investimento do Ultra”, explicou. Nenhuma das atuais 186 lojas será encerrada com a parceria.


A associação será realizada por meio de troca de 100% das ações da Extrafarma por 2,9% de novas ações da Ultrapar, transformando os donos da Extrafarma no 7º maior acionista do grupo. Além disso, Lazera passa a exercer o cargo de Diretor Superintendente e integrará a diretoria executiva do Ultra. 

O valor a ser investido na rede farmacêutica ainda será estudado, mas a ideia dos novos parceiros é transforma-la em uma das maiores do país. “O ritmo de expansão das grandes empresas deste ramo é de 130 novas lojas por ano, queremos chegar, ou até ultrapassar, esta meta”, garantiu o diretor financeiro do Ultra, Andre Covre. Os dois executivo estão em Belém para reuniões com colaboradores do grupo.

Com mais de 50 anos de atuação, a Extrafarma possui 186 drogarias nas regiões Norte e Nordeste do país, e estima atingir em 2013 uma receita bruta de R$ 1 bilhão. Com a associação, a Extrafarma será beneficiada pelo acesso aos postos Ipiranga e revendas Ultragaz, que totalizam mais de 10 mil pontos de varejo distribuídos pelo país, para abertura de drogarias.

O Norte e o Nordeste serão o foco inicial desta expansão. “Existe bastante mercado ainda não explorado nestas regiões. 
Existe a possibilidade de levarmos a Extrafarma para outros estados, mas isso ainda será avaliado”, completou Covre. Com o novo negócio, o Ultra passa a atuar diretamente no ramo de varejo farmacêutico, segmento em fase inicial de consolidação, com faturamento estimado de mais de R$ 60 bilhões em 2012 e crescimento real de mais  de 10% nos últimos anos. O setor cresce impulsionado pelo aumento da idade média da população, pelo aumento de renda, com maior acesso a medicamentos, para o qual também contribui a crescente participação de genéricos, e pela crescente demanda por produtos de higiene e beleza.

A consumação da transação está sujeita à aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Em seguida, será submetida às aprovações das Assembleias Gerais de cada uma das empresas. A previsão é que a transação se consolide durante o primeiro trimestre de 2014.

Fonte: O Liberal 
Foto: Elivaldo Pamplona (O Liberal)