Mais Acessadas

Operadora investe R$ 250 milhões na ativação da rede de fibra óptica que liga Manaus a Belém

Quase 4 milhões de pessoas serão beneficiadas


Em 11 de setembro, 2013 - 12h12 - Negócios
A Telefônica Vivo acaba de ativar os serviços de voz e dados em sua rede própria de fibra óptica que interliga Manaus a Belém. Agora, a capital manauara fica integrada ao backbone nacional da Vivo, que tem hoje cerca de 30 mil km de rotas por todo o Brasil.

Com extensão total de 2.100 km, o projeto beneficia 3,7 milhões de pessoas, 1,8 milhão em Manaus e 1,9 milhão em outros seis municípios (cinco do Amazonas e um do Pará). A iniciativa amplia a capacidade da rede de 2GB para 40GB – mais 2.000% - e exigiu investimentos de R$ 250 milhões da operadora.

Os usuários, na prática, agora têm mais estabilidade nas ligações, com drástica redução do número de quedas e ruídos, além de maior velocidade na conexão de internet pela rede 3G e 4G (esta entrará em operação em setembro na capital amazonense). Além de Manaus, os municípios beneficiados incluem São Sebastião do Uatumã, Itapiranga, Itacoatiara (Distrito de Lindóia) e Rio Preto da Eva –, todos no Amazonas, e Terra Santa, no Pará.

A nova rota é composta por uma rede de cabos aéreos OPGW (Optical Ground Wire), tecnologia onde o cabo de fibras óticas utiliza as torres das linhas de transmissão de energia elétrica como suporte. Além disso, os acessos às cidades serão efetuados por meio de cabos subterrâneos, o que garante um nível de confiabilidade superior ao atual.

Para garantir a oferta dos serviços de forma ininterrupta, mesmo no caso de rompimento de cabos, há uma rota redundante por meio de rádio entre Manaus e Santarém e de circuitos alugados entre a capital amazonense e Brasília.