Mais Acessadas

'Tranquilão', Bolt vê Bruno Lins vencer disputa brasileira e dá show de dança

Especialistas dos 200m, alagoano supera dois para disputar 'Bolt Contra o Tempo'


Em 30 de março, 2013 - 19h07 - Atletismo

Bruno Lins era apontado como favorito, mas Ailson Feitosa avisou que venceria a classificatória brasileira e enfrentaria Usain Bolt no desafio "Bolt Contra o Tempo", neste domingo, na Praia de Copacabana. Quem falou menos, levou. Especialista dos 200 metros, Bruno Lins mostrou mais resistência e superou Feitosa, Sandro Viana e Nilson André para vencer os 150m e garantir um lugarzinho ao lado do bicampeão olímpico dos 100m, 200m e 4x100m. Tudo isso sob o olhar do jamaicano, que acompanhou de perto para saber quem seria o seu último adversário. Depois da prova, o "Raio" desfilou pela pista e chamou a atenção com dancinhas no embalo das batidas dos DJ's.

Usain bolt copacabana (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)
 
Bolt curte o sábado em Copacabana no embalo dos DJ's (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)

O sol abriu no Rio de Janeiro e, com ele, veio o calor. Bolt preferiu a sombra da área vip, mas os brasileiros não tinham alternativa e partiram para a pista. Os torcedores e banhistas ainda chegavam e cerca de 100 deles acompanharam das areias e do calçadão. No tiro de largada, Nilson André queimou a saída e, como a prova segue as regras da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), ele foi desclassificado.

Assim, a disputa ficou entre Bruno Lins na raia um, Sandro Viana, na dois, e Ailson Feitosa, na quatro. Após a nova largada, Feitosa mostrou que sua prova é mesmo os 100m, imprimiu um ritmo forte e abriu vantagem. O problema foi que o desafio não terminava nos 100 metros, e os 50 metros finais fizeram toda a diferença para Bruno Lins. O alagoano, "o cara" dos 200m, mostrou resistência e passou à frente na reta final para vencer com o tempo de 15s08.

- O meu forte é mesmo o final. Treino bastante essa parte. Fiquei um pouco confuso no início, mas consegui me recuperar e passar o Ailson. Acho que a resistência fez a diferença. Esse 15s08, tenho certeza que dá para baixar amanhã (domingo). Não sei como o Bolt está. Ele está dizendo que vai bater o recorde, mas também está fazendo o marketing dele. Vai vencer quem estiver melhor - disse Bruno.

Confiante, o brasileiro que disputará o desafio "Bolt Contra o Tempo" sabe que o jamaicano é o homem mais rápido do mundo, mas acredita que pode surpreender neste domingo.

- Tenho que correr muito, acelerar bastante. O Bolt é um cara fora do normal. O mundo todo sabe disso. É um cara diferenciado. Agora, é tentar ficar tranquilo e dar um show para essa galera amanhã.

Usain bolt copacabana (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)
 
Bolt cumprimenta Bruno Lins após a prova (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)

Os brasileiros selecionados para o evento formam o quarteto de velocistas que disputou os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e que foi medalha de ouro na prova de 4x100m rasos do Pan de Guadalajara, em 2011.

O evento - No domingo, no desafio "Bolt Contra o Tempo", o astro jamaicano terá de enfrentar o antiguano Daniel Bailey, o equatoriano Alex Quiñones e o brasileiro Bruno Lins. O jamaicano tentará superar o melhor tempo do mundo na prova de 150m (14s35), que é dele mesmo.

Além do evento principal, a pista receberá uma prova paralímpica. Alan Fonteles, campeão dos 200m T44 em Londres e recordista mundial, fará um duelo com o americano Jerome Singleton, prata nos 100m em Pequim 2008 e considerado um dos atletas mais velozes da atualidade. A prova feminina fica por conta do duelo entre as brasileiras Rosângela Santos, Vanda Gomes, Evelyn Santos e Franciele Graças.

Fonte: Globoesporte.com