Mais Acessadas

Massacre de dez pessoas faz Colômbia reviver horror da violência paramilitar

Nove homens e oito mulheres foram executados em fazenda


Em 09 de novembro, 2012 - 08h08 - Mundo

Dez camponeses foram mortos em uma fazenda no vilarejo de San Isidro, na Colômbia, na última quarta-feira. De acordo com reportagem publicada nesta sexta-feira no jornal "El Tiempo", de Bogotá, o massacre foi atribuído a um grupo armado formado após a desmobilização das organizações paramiliatares colombianas.

O jornal relatou que três homens armados com fuzil, pistola e granada detiveram os camponeses para cobrar um "imposto". O primeiro interpelado pelo grupo foi o administrador da fazenda, Adrián Alberto Uribe, de 33 anos.

"Você já pagou o imposto?", teria perguntando um dos homens armados.

Adrián não respondeu. Em seguida, foi executado sumariamente. O mesmo ocorreu com outras nove pessoas - oito homens e uma mulher.

As investigações iniciais apontam para o grupo Los Rastrojos. Oito dias atrás o chefe da quadrilha, Jorge 18, foi preso em operação das forças especiais colombianas.

O Exército está ocupando Santa Rosas de Osos, cidade mais próxima da fazenda onde ocorreu a matança.

Fonte: O Globo