Mais Acessadas

CGU: educação e saúde registram mais irregularidades por receberem maior volume de recursos


Em 04 de maio, 2011 - 11h11 - Política

 

 

O ministro da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage, explicou há pouco que as áreas da saúde e educação são as que mais registram irregularidades por receberem maior volume de recursos do governo. O dinheiro é repassado por transferência obrigatória, caso da merenda escolar e também dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

 


O ministro informou que as duas áreas representaram no ano passado 30% dos recursos federais transferidos para estados e municípios. “Somente aí está uma razão para que se tenha maior possibilidade de irregularidade”, disse.

 


Ele participa neste momento de audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados para esclarecer denúncias de irregularidades nessas áreas, divulgadas na imprensa.

 


O ministro também enfatizou que a fiscalização na aplicação do dinheiro público não é só responsabilidade da CGU, mas também dos responsáveis pela área. 'Há um controle primário que deve ser do gestor [responsável pelos recursos repassados]'.

 

 

Fonte: Agência Brasil