Mais Acessadas

Comissão do Senado aprova nome de indicado para diretoria da Anac


Em 14 de abril, 2011 - 14h02 - Política

 

A Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou, nesta quinta-feira (14), após uma sabatina de duas horas, a recondução de Cláudio Passos Simão para o cargo de diretor de Aeronavegabilidade da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


Ele ocupou o cargo entre 2008 e fevereiro deste ano e foi indicado pelo governo para voltar ao posto. Após a aprovação na comissão, a indicação segue para votação em plenário.


Os senadores Cyro Miranda (PSDB-GO) e Álvaro Dias tentaram adiar a votação até que o Ministério Público conclua a apuração de denúncias de improbidade administrativa das quais Simão é alvo. Porém, o pedido dos senadores foi negado pela comissão.


As denúncias tratam de uma suposta contratação sem licitação da Organização Brasileira para Desenvolvimento de Certificação Aeronáutica e da assinatura de uma portaria que supostamente serviria unicamente para que o diretor se mantivesse no cargo.


Simão explicou que a contratação foi necessária e que aconteceu sem licitação porque não havia no mercado brasileiro outras empresas especializadas em certificação. Ele disse ainda que sua permanência na Anac aconteceu com 'anuência da própria procuradoria da agência'.


'Poderia ter ficado confortavelmente na minha casa com o meu salário de diretor, na quarentena que tenho direito. Mas aceitei cargo de assessor, com salário menor, para continuar prestando serviço especializado à Anac', disse o indicado.


O senador e relator da indicação, Blairo Maggi, disse que chegou a procurar por processos judiciais em andamento contra Simão mas nada encontrou. 'A Advocacia do Senado não encontrou absolutamente nada de concreto que impeça a apreciação do nome do indicado ao cargo de diretor da Anac ou que de antemão recomende a não deliberação sobre seu nome', afirmou.


Simão tem 51 anos, é formado em engenharia aeronáutica, com especialização em ensaios de voos. Ele já trabalhou na Anac como gerente-geral de Certificação de Produtos Aeronáuticos e como Superintendente de Aeronavegabilidade. Além disso, já atuou como oficial engenheiro da Força Aérea Brasileira e engenheiro da Divisão Civil de Aeronaves e Manutenção do antigo Departamento de Aviação Civil (DAC).


Fonte: G1