Mais Acessadas

Pará envia hoje donativos para vítimas do Rio de Janeiro


Em 25 de janeiro, 2011 - 10h10 - Belém


Cerca de 27 toneladas de donativos, entre alimentos, água mineral e roupas serão enviados pela Cruz Vermelha paraense aos atingidos pelas chuvas no Rio de Janeiro nesta terça-feira (25). Uma carreta segue viagem às 16 horas. A previsão de chegada no Rio é de quatro dias. Quatro voluntários da entidade paraense também vão ajudar na distribuição dos donativos, sendo que três deles permanecerão lá, por tempo indeterminado, no trabalho de apoio às vítimas da chuva.

 

Leia mais: Região serrana: mortos chegam a 817 e desaparecidos ultrapassam 500


A campanha começou no dia 17 de janeiro, poucos dias após a tragédia carioca. Até o domingo (23) a Cruz Vermelha já tinha arrecadado 25 toneladas de produtos, sendo a maioria alimentos não perecíveis e roupas, nos três pontos de arrecadação, incluindo a realizada no Estádio Leônidas Castro no domingo, antes do jogo Paysandu x Castanhal. A estivativa é que hoje esse número esteja em 27 toneladas. A carreta tem capacidade para 30 toneladas.


Esta será a primeira carreta com donativos enviada ao Rio pela Cruz Vermelha paraense, mas a arrecadação segue até o dia 30 de janeiro. O objetivo é enviar mais uma carreta com o restante do material arrecadado. A previsão é que ela siga viagem na próxima terça-feira (1/2). Quem quiser contribuir com a campanha, a Cruz Vermelha pede que evite doar vestuário, móveis e eletrodomésticos. 'No caso das roupas já recebemos bastante e dos objetos, até por uma questão de logística não é possível enviar', explica o gerente do departamento de socorro e desastres da Cruz Vermelha, Carlos Alberto de Moraes Silva.


Outros donativos que a entidade recebeu em grande quantidade foram fraldas descartáveis e alimentos. 'No momento estamos precisando mais de produtos de consumo imediato, como macarrão instantâneo e leite', diz Silva.


Ainda esta semana a Cruz Vermelha deve receber também donativos arrecadados pela Defesa Civil Municipal e paróquias de Belém, que devem ser encaminhados ao Rio de Janeiro na próxima semana.


Apoio- Além do encaminhamento de donativos, a Cruz Vermelha paraense também vai trabalhar no apoio às vítimas da tragédia. Dos quatro integrantes que seguem para o Rio de Janeiro, três vão permanecer lá por tempo indeterminado. Entre eles está o Carlos Silva e um veterinário, que vai atuar nos abrigos de recolhimento de animais que ficaram abandonados depois da tragédia.


Serviço- Os donativos da campanha SOS Rio em Belém podem ser entregues na sede da Cruz Vermelha, na Av. Gentil Bittencourt, 1840 (entre Alcindo Cacela e  9 de Janeiro), que funciona 24 horas, mas com horário preferencial de 7h às 20h; e em um posto no 1º piso do Shopping Boulevard, ambos estarão abertos inclusive aos sábados e domingos. Doações em dinheiro podem ser feitas através do Banco Itaú, agência 8254, conta corrente 07078-9. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (91) 3226-2556.


 

Redação Portal ORM