Mais Acessadas

Sesma reforça ações de combate à dengue


Por: Fonte: Comus Em 11 de novembro, 2008 - 18h06 - Saúde

Com o reinício do período chuvoso, comum nos finais de ano, aumenta também a preocupação do poder público quanto aos cuidados para evitar a propagação de casos de dengue na capital. Segundo os números registrados pela Sesma (Secretaria Municipal de Saúde), de janeiro a outubro deste ano, dos casos confirmados de dengue no município de Belém, 888 foram do tipo clássico e 16 do hemorrágico. No ano passado, a Sesma registrou 2.651 casos de dengue clássica e 48 de dengue hemorrágica.

'Mesmo com a queda no número de casos, principalmente de dengue hemorrágica, a Sesma já se prepara para um enfrentamento mais incisivo da doença, levando em conta o dinamismo e a complexidade que a caracterizam', reforça Carlene Castro, diretora do Devs (Departamento de Vigilância à Saúde da Sesma). Segundo a diretora, as ações de combate à dengue são contínuas, mas para que surtam efeito é necessário o envolvimento da população.

Para estimular a participação a Sesma iniciou, nos oito distritos de Belém, ações educativas junto à comunidade, com ênfase na prevenção da doença. 'Para que haja um bom resultado, os distritos já estão desenvolvendo essas ações junto às escolas, centros comunitários, feiras e outros locais onde há grande concentração de pessoas, além das visitas domiciliares', explica Carlene.

Capacitação de médicos - A fim de reforçar o atendimento das vítimas da dengue nas unidades de saúde, especialmente dos casos mais graves de doença, como a hemorrágica, a Sesma iniciou nesta terça-feira (11), uma capacitação para cerca de 60 profissionais entre enfermeiros e médicos. O treinamento tem como base o material disponibilizado pelo Ministério da Saúde que aborda o manejo clínico da dengue, dando ênfase para a hemorrágica. Os participantes receberão as orientações sobre o tratamento do doente, objetivando a redução de óbitos nos casos graves.

A partir da próxima semana, a Sesma vai realizar uma programação de oficinas, visando a capacitação dos Agentes de Bem Estar Social que atuam na prevenção da dengue nos distritos, conforme calendário abaixo:

DAOUT - 18 e 19 de novembro
DAENT - 20 e 21 de novembro
DAGUA - 25 a 27 de novembro
DABEN - 02 a 05 de dezembro
DASAC - 09 E 10 de dezembro
DAICO - 11 e 12 de dezembro
DAMOS - 15 de dezembro
DABEL - 16 E 17 de dezembro

A programação de combate à dengue nos distritos é a seguinte:

DAOUT - Palestras e oficinas nas escolas de ensino fundamental
Capacitação de ACS (Agentes Comunitários de Saúde).

DAENT - Visitas domiciliares com orientação sobre o manejo de lixo domiciliar.

DAGUA - Visitas domiciliares voltadas para a Educação Ambiental, distribuição de cartazes e folhetos

DABEN - Atividades lúdico-pedagógicas, apresentação de kit entomológico, distribuição de folhetos educativos, palestras nas escolas pólos e centros comunitários.

DASAC - Visitas domiciliares, distribuição de folhetos, fixação de car tazes, ação educativa com abordagem da população em praças, feiras e shopping.

DAICO - Palestras em escolas públicas e particulares, ações educativas em praça, com montagem de estande, teatro, coleta de sangue, fumacê, concurso de pintura e distribuição de folhetos.

DAMOS - Ações educativas nas escolas municipais e estaduais, sensibilização nas unidades do Programa Saúde da Família(PSF).

DABEL - Atividades educativas em locais estratégicos(shopping,Terminal Rodoviário, Bosque, Museu, Portos, Ver-o-Peso, Praça Batista Campos e Feira da 25), palestras, teatro de fantoches, oficina de pintura e exposição de kit entomológico, visitas domiciliares.