Mais Acessadas

Caminhada de romeiros de Castanhal começa na quarta-feira


Por: Redao on-line Em 05 de outubro, 2004 - 09h09 - Círio

Na próxima quarta-feira (6), vários grupos de romeiros de Castanhal iniciarão uma caminhada de fé até Belém. São todos pagadores de promessas, que vão homenagear a Virgem de Nazaré. Essa tradição começou há mais de 25 anos e já se transformou numa das grandes manifestações de amor e devoção à Nossa Senhora.

Raimundo Nonato, 55, conhecido como Zé Bode, lidera um grupo de 400 pessoas que partirá do município vizinho em direção à Basílica de Nazaré. Ele cumpre promessa há mais de duas décadas e durante sete anos fez este percurso carregando uma cruz de madeira de cinco metros de comprimento. Zé Bode ficou conhecido por sua demonstração de fé e, ainda hoje, fica emocionado quando lembra a primeira vez que caminhou até Belém acompanhado por apenas dez amigos. 'Faço isso por amor à padroeira dos paraenses, que me curou de problemas de saúde e que me ajudou a construir uma casa na vila do Apeú', conta
.
A caminhada da fé atrai pessoas de todas as idades e quase sempre não é fácil finalizar o percurso. Até a Basílica, centro de Belém, são 79 quilometros, uma distância equivalente a dez vezes o trajeto do Círio. A dona de casa Ivete Lima fez parte de um grupo de romeiros ano passado, mas na metade do caminho desistiu. 'Tive problema nas pernas e voltei de Santa Izabel, mas esse ano tento de novo e sei que vou conseguir', finaliza.

Além dos romeiros, equipes de apoio darão auxílio aos grupos com a distribuição de água e alimentos. São voluntários da fé que também contribuem para essa grande demonstração religiosa dos moradores de Castanhal. 'A gente acompanha de carro distribuindo água e frutas. Uma maneira de agradecer Nossa Senhora de Nazaré por várias graças alcançadas', comenta o comerciante Luís Isidoro, que na quarta-feira pegará a estrada com a família para participar como voluntário da caminhada da fé.

A segurança dos romeiros é outra preocupação. Por isso, a Polícia Rodoviária Federal deixa patrulheiros de plantão para auxiliar os grupos que caminham até Belém. 'Com o apoio da polícia rodoviária, a gente caminha mais tranquilo', ressalta Nazareno Abraçado, que comanda outro grupo de romeiros. Ele lembra ainda que uma ambulância também vai acompanhar a romaria para dar auxílio às pessoas que sofram algum tipo de problema de saúde. A previsão é que pelo menos quatro mil pessoas participem da caminhada da fé em homenagem a Virgem de Nazaré.

Fonte: CCS