Mais Acessadas

Lula: Parreira tem um 'bom problema'


Por: Fonte: Globo Online Em 18 de dezembro, 2007 - 11h11 - Rainhas

A seleção brasileira jogou melhor nesta quinta-feira e criou um “bom problema” para o treinador Carlos Alberto Parreira, que escalou vários titulares para a partida contra o Japão, conforme a avaliação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que considerou o time mais tranqüilo. Segundo ele, Ronaldo “desencantou” com os dois gols que fez e, disse ainda, está reivindicando ao lado do “Brasil inteiro” a permanência de Juninho Pernambucano na equipe, “alguém” que chuta para o gol.

'Uma mudança que, eu não, acho que o Brasil inteiro estava reivindicando, era a entrada do Juninho Pernambucano, ou seja, alguém que chutasse mais para o gol. Acho que ele fez isso ontem. Acho que é um bom problema pro Parreira resolver até terça-feira, ou seja, ele sabe que pode mexer no time', avaliou o presidente.

Além de Ronaldo, com o qual provocou polêmica ao perguntar a Parreira se o jogador estava gordo, que “desencantou”, Lula disse que o time jogou mais leve.

'O time ontem estava mais leve, estava mais tranqüilo. De forma que fiquei feliz. Acho que o Ronaldo desencantou, o fato dele ter marcado dois gols ontem. Sabe, essas coisas, quem já jogou bola sabe, não fui um grande boleiro, mas às vezes você fica um mês, dois meses, sem marcar nenhum gol e parece que não dá certo. E ontem ele desencantou'.

Lula ainda observou a fragilidade da seleção japonesa na vitória por 4 a 1 e afirmou que “a coisa começa a ficar feia” a partir de terça-feira, quando a seleção brasileira joga contra a de Gana.

'É preciso que a gente tenha em conta que talvez tenha sido o melhor dia do Brasil, mas o pior dia do Japão. Nós não podemos levar em conta o jogo com o Japão porque o Japão não mostrou muita resistência. O Brasil teve total domínio do jogo. Mas a coisa começa a ficar feia a partir de terça-feira. Acho que cada jogo, daqui para frente, é uma pequena guerra. É mata-mata, não tem perdão'.