Mais Acessadas

Gana encara Estados Unidos para fazer história


Por: Fonte: Globo Online Em 18 de dezembro, 2007 - 11h11 - Rainhas

Em sua primeira participação em copas do mundo, Gana só depende de si para fazer história. Os africanos enfrentam a seleção dos Estados Unidos nesta quinta-feira (22), às 11h (horário de Brasília), com boas chances de se classificar às oitavas-de-final da Copa 2006. Os americanos também podem se classificar, mas dependem do resultado de Itália e República Tcheca, que será disputado simultaneamente em Hamburgo.

Com uma vitória, Gana garante vaga na próxima fase independentemente do resultado de Hamburgo. A equipe tem três pontos, junto com República Tcheca. Caso a Itália vença os tchecos, os Estrelas Negras se classificam até com um empate.

A entrada de Gana no cenário do futebol mundial demorou mais que o previsto. Com quatro títulos da Copa Africana de Nações (1963, 65, 78 e 82), dois Mundiais sub-17 (1991 e 95) e o vice no sub-20 da Argentina, em 2001, a chegada à elite era apenas questão de tempo.

O único problema dos ganeses para  o jogo desta quinta será a ausência dos dois únicos jogadores que marcaram gols neste Mundial: Asamoah Gyan e Sulley Muntari. Seus substitutos serão Derek Boateng e Razak Pimpong, respectivamente.

Já o time americano, além de vencer, tem de torcer por uma vitória italiana sobre os tchecos. Em caso de empate no outro jogo do grupo, os Estados Unidos precisariam golear Gana, pois têm saldo negativo de três gols.

O técnico Bruce Arena não poderá contar com o lateral-esquerdo Mastroeni e o zagueiro Pope, expulsos contra os italianos. O substituto de Mastroeni será o zagueiro Carlos Bocanegra. Já a vaga de Pope é disputada por Berhalter e Conrad.

Gana x Estados Unidos
Local: Franken Stadium, em Nuremberg
Horário: 11h (horário de Brasília)
Árbitro: Markus Merk (Alemanha)

Gana
Kingston; Paintsil, Mohammed, Mensah e Illiasu; Boateng, Essien, Appiah e Addo; Amoah e Pimpong.
Técnico: Karel Bruckner

Estados Unidos
Keller; Cherundolo, Onyewu, Conrad (Berhalter) e Bocanegra; Reyna, Dempsey, Donovan e DaMarcus Beasley; McBride e Eddie Johnson.
Técnico: Bruce Arena