Mais Acessadas

Parreira esconde o jogo sobre time que pega o Japão


Por: Fonte: Globo Online Em 18 de dezembro, 2007 - 11h11 - Rainhas

Carlos Alberto Parreira segue com o mistério. No treino desta terça-feira (20), em Bergisch Gladbach, na Alemanha, o técnico da seleção brasileira misturou titulares e reservas em um trabalho tático, não dando qualquer pista se vai poupar ou não alguns jogadores na partida contra o Japão, quinta-feira, em Dortmund.

O Brasil já está classificado para as oitavas-de-final e precisa de um empate para conquistar o primeiro lugar no Grupo F. Quatro jogadores brasileiros estão com um cartão amarelo: Ronaldo, Robinho, Emerson e Cafu.

O ponto positivo do treinamento foi Ronaldo. O atacante foi bem no treino de finalização, fazendo gols e chutando bolas na trave. Além disso, se movimentou mais no trabalho tático.

No início, Parreira dividiu o grupo em três. Sem colete estavam Lúcio, Adriano, Emerson, Kaká, Robinho, Cafu e Gilberto Silva. De colete verde ficaram Gilberto, Cris, Luisão, Cicinho, Fred, Ricardinho e Júlio César (jogando na linha). E de colete vermelho terminaram Zé Roberto, Ronaldinho Gaúcho, Roberto Carlos, Juan, Mineiro, Juninho Pernambucano e Ronaldo. Ataque contra defesa, quem fizesse gol continuava. Se a bola fosse roubada, o terceiro time entraria.

Depois, o treinador comandou um rápido trabalho de finalização. Laterais e meias cruzavam e os atacantes apareciam no meio da área para concluir para o gol. Após dez minutos, Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Roberto Carlos e Zé Roberto deixaram o grupo e passaram a treinar faltas. O melhor jogador do mundo foi o que teve o melhor aproveitamento.