Mais Acessadas

Tucuruí vai sediar I Jogos Tradicionais Indígenas


Em 03 de maio, 2004 - 11h11 - Pará
No período de 15 a 20 de junho, o município de Tucuruí, no sudeste do Pará, será palco dos I Jogos Tradicionais Indígenas do Pará. O evento será promovido pelo Governo do Estado, através da Secretaria Executiva de Esporte e Lazer (Seel), e vem atender a uma antiga reivindicação das lideranças indígenas, uma vez que o Pará possui o maior números de etnias da federação.
Esta não é a primeira vez que o Governo do Estado, por meio da Seel, realiza atividades culturais e desportivas junto aos povos indígenas, tanto no âmbito local quanto nacional. No ano de 2000, promoveu com grande sucesso os III Jogos dos Povos Indígenas, na cidade de Marabá, e em 2002 realizou no município de Marapanim os V Jogos dos Povos Indígenas, além de ter apoiado a I Conferência Nacional dos Povos Indígenas em 2001, em Belém.
Dentro desse programa de apoio à cultura indígena, o governo paraense também executa, na aldeia dos índios da tribo Suruí-Sororó, no município de São Geraldo do Araguaia, localizado ao sul do Estado, o Projeto Esporte e Lazer na Aldeia, de cunho sócio-esportivo-cultural.
A realização dos I Jogos Tradicionais Indígenas do Pará busca reafirmar todas essas iniciativas, através da integração entre as comunidades indígenas e a sociedade paraense, proporcionando um melhor conhecimento e entendimento sobre a diversidade étnica e cultural dos índios, bem como o incentivo ao coletivo na prática dos esportes tradicionais e das manifestações culturais.
Os jogos serão distribuídos nas modalidades tradicionais (arco e flecha, canoagem, arremesso de lança, cabo de guerra, corrida de velocidade - 100 metros rasos, natação/travessia e corrida de fundo - 5 mil metros); atividades demonstrativas (corrida de tora, lutas corporais, ronkrã, katulaya, akô, jãmparti e kaipy); modalidades não tradicionais indígenas (futebol de campo masculino e feminino); e atividades culturais (cantos, danças, pinturas corporais e instrumentos musicais).
Todas essas manifestações deverão obedecer sempre os costumes tradicionais indígenas, de acordo com a programação estabelecida pela Comissão Organizadora dos Jogos. A sociedade não indígena local terá a oportunidade de realizar suas manifestações folclóricas de tradição regional, no sentido de se estabelecer o intercâmbio cultural.
Segundo Ana Júlia Brito Chermont, uma das coordenadoras do evento, os I Jogos Tradicionais Indígenas do Pará, além de contribuírem junto à sociedade paraense para um melhor conhecimento e entendimento da realidade indígena, irão desenvolver nos indígenas o incentivo à prática de suas culturas e esportes tradicionais e permitir que cada participante adquira novos conhecimentos esportivos.
Povos Indígenas Participantes - O critério para a escolha e o convite aos povos indígenas que participarão dos I Jogos Tradicionais Indígenas do Pará é o fator cultural. Por essa razão, somente aqueles povos que mantêm suas tradições culturais originais como língua, dança, cantos, instrumentos musicais, pinturas corporais, artesanatos e esportes tradicionais foram convidados a se fazer presentes ao evento, que contará com a participação de 15 etnias e cerca de 450 atletas. Estarão participando dos Jogos representantes das tribos Aikewara, Arara, Araweté, Assurini do Rio Tocantins, Gavião, Guarani, Kayapó, Kuruaya, Munduruku, Parakanã, Tembé, Wai-Wai, Xikrin, Xipaya e os Karajá, como equipe convidada especial do estado de Tocantins.