Mais Acessadas

Peças de Miriti em exposição na Praça


Por: Fonte: Fumbel Em 02 de outubro, 2005 - 10h10 - Círio

Centenas de peças de miriti, retratam, durante a manhã deste domingo (02), na Praça Batista Campos, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré. Elas integram o projeto “Círio na Praça”, que pretende divulgar ainda mais a celebração paraense e o artesanato regional, e faz parte da programação cultural municipal “Aldeia de Nazaré”. A atividade é uma parceria da Fundação Cultural do Município de Belém com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e vai acontecer, sempre aos fins de semana, até o fim de Outubro.

A abertura da exposição é no coreto central da Praça Batista Campos. Estarão exposta no local, 764 peças de miriti. São objetos que retratam a catedral, a basílica, os ícones e personagens que participam da maior festa religiosa do Estado. As miniaturas estarão envoltas em uma corda de 350 metros, muito semelhante a usada durante a procissão da imagem. A exposição ficará em uma área de 64 metros quadrados e estará aberta a visitação pública no domingo, das 08 às 12 horas. No mesmo horário, a artista plástica Lúcia Gomes promoverá um aulão cultural a crianças e adultos que estiverem visitando a exposição. Fanfarras também estarão tocando na Praça, resgatando o papel das bandas dentro da quadra nazarena.

“Círio nas Praças” será levada ainda nos dias 06 e 07 à Praça da República, com apresentação do Coral do Basa, e a dupla clássica Any Lima e Adrina Paiva; nos dias 15 e 16, até a Praça Dalcídio Jurandir, na Cremação, quando contará com a apresentação clássica do Coral Schola Cantorum e do duo clássico Madalena Aliverti e Celina Chamier;  e ao anfiteatro da Orla de Icoaraci, durante os dias 22 e 23, com apresentação da dupla clássica Dione Colares e Leonardo Coleho. Aos sábados, a exposição estará aberta ao público sempre a partir das 18 horas, e aos domingos, entre 08h e 12 horas.

Programação – Continua aberta, até o dia 30, na sede da Fumbel, na Cidade Velha, a exposição “Arte em Miriti e os Encantos da Amazônia”, que abriu, na última quinta-feira (29), a “Aldeia de Nazaré”, programação oficial de cultura do município para a quadra nazarena. Este ano, a programação é descentralizada e vai acontecer durante as procissões do Círio, na sede da Fumbel, no Ver-o-rio, e na Aldeia Cultural Davi Miguel.

No dia 04, acontece a abertura oficial da Feira Livre de Miriti, que este ano contará com o  apoio da Fumbel. No dia 06, é a vez da “Bênção dos Artistas”, que acontecerá na Aldeia Cultural Davi Miguel. O evento vai reunir a classe artística, além de grupos de manifestações folclóricas como Bois-bumbás, Pássaros, Quadrilhas, escolas e agremiações carnavalescas em um evento que terá a participação do Coral Metropolitano de mil vozes, da Bateria Show, da Fanfarra e da Banda Sinfônica da Guarda Municipal de Belém.

No dia 07, a Fumbel apóia a realização de uma das maiores e mais respeitadas manifestações da classe artística em homenagem ao Círio de Nazaré em Belém, o “Auto do Círio”.  No dia 07, a Fundação Cultural do Município de Belém, em parceria com o Banco do Estado do Pará (Banpará), inaugura o Projeto “Virgem das Águas”, uma estrutura de quinze metros de altura que representará a imagem de Nossa Senhora em meio Baía do Guajará. 

No dia 08, a Fumbel apóia a realização do arrastão do Arraial do Pavulagem, que após a chegada da Romaria Fluvial, sairá pelas ruas com  músicas, danças e a exibição de uma cobra gigantesca de miriti. No mesmo dia, após a Trasladação, a Fumbel prestará uma homenagem surpresa das janelas superiores do prédio da Fundação.

No dia 08, a Fundação apóia também a instalação da exposição “Árvore dos Pedidos” da artista plástica  Laura Calhoun. Entre os dias 10 e 15, a Fumbel promove uma série de shows regionais dentro do  “Por-do-Sol Musical no Ver-o-rio”, que vai apresentar grandes nomes da música regional no Complexo do Ver-o-rio. O Gran Coral de Mil Vozes do Governo do Estado também contará com apoio da Fundação Cultural de Belém para se apresentar durante as festividades do Círio de Nazaré, este ano. As apresentações acontecerão no sábado, durante a Trasladação e no domingo, durante a procissão.