10 de setembro, 2014 - Belém

Vitória na Paraíba foi a 37ª do Papão como visitante no Brasileiro


Vitória na Paraíba foi a 37ª do Papão como visitante no Brasileiro

Ao derrotar o Botafogo na Paraíba (1 x 0), o Paysandu quebrou uma sequência de nove jogos sem vitória como visitante, no campeonato brasileiro. A vitória anterior foi sobre o América Mineiro (1 x 0, gol de Careca) no dia 25 de outubro de 2013, na Série B. Ao quebrar o jejum, o Papão registrou sua 37ª vitória como visitante em 374 jogos, por 41 campeonatos brasileiros (20 na 1ª, 13 na 2ª e 08 na 3ª divisão) ao longo de quatro décadas. Além das 37 vitórias (9,8%), o Papão tem 116 empates e 221 derrotas. Contabilizando-se todas as competições da CBF são 52 vitórias do Papão como visitante. Na Copa dos Campeões aplicou 4 x 3 no Cruzeiro/MG em Fortaleza. Na Copa Norte (2000 a 2002), cinco vitórias do Paysandu longe de casa (3 x 0 no Moto Clube/MA, 2 x 1 no Nacional/AM, 1 x 0 no Independente/AP, 4 x 0 no River/PI e 1 x 0 no São Raimundo/AM). Na Copa do Brasil, 9 vitórias do Papão longe de casa. A mais expressiva foi sobre o Sport, em Recife, por 4 x 1, em 2012. As demais foram sobre Atlético Roraima, Cacoalense/RO, Colinas/TO, São José/AP, Penarol/AM, Espigão/RO, São Raimundo/RR e Naviraiense/MS. Na Copa Verde, venceu o Náutico/RR (7 x 2) em Boa Vista e o Princesa do Solimões/AM (2 x 1) em Manacapuru.

Leão supera o rival na história, longe de casa

Como visitante, em 374 jogos, por 40 campeonatos brasileiros (14 na 1ª, 21 na 2ª, 02 na 3ª e 03 na 4ª divisão), o Remo tem 60 vitórias (18,5%), 88 empates, 176 derrotas. Portanto, um aproveitamento melhor que o do rival. Este ano, em três saídas na Série D, o Leão venceu o Interporto (2 x 1) no Tocantins e o Guarany (4 x 2) em Sobral, além de ter empatado com o Ríver (1 x1) em Teresina. Contabilizando-se as demais competições da CBF, o total sobe para 72 vitórias longe de casa, com as 9 obtidas na Copa do Brasil e três na Copa Norte. Na Copa do Brasil a vitória mais expressiva que o Leão conquistou como visitante foi sobre o Botafogo, no Maracanã, por 2 x 1, em 2002. Ganhou também do Santa Cruz (1 x 0, em 1996) em Recife e do Figueirense (1 x 0, em 2005). As demais foram sobre Trem/AP, Ferroviário/CE, Ypiranga/AP, Santos/AP, Palmas/TO, Barras/PI e São Matheus/ES. Na Copa Norte, 2 x 0 no Gênus/RO, 2 x 1 no São José/AP e 1 x 0 Moto Clube/MA.

Paraenses dão sinais de clara reação

Nos últimos seis jogos dos times paraenses, cinco vitórias e um empate. Já são duas rodadas das séries C e D sem o sabor amargo da derrota. Paysandu, Águia e Remo dão sinais de clara reação. Tanto que no próximo domingo poderemos ter a classificação antecipada do Leão Azul, o acesso do Papão ao G4 e o Águia saindo da faixa do rebaixamento.

O Leão só depende da vitória sobre o Ríver, em Bragança, para se garantir na próxima etapa da Série D. O Papão entra na faixa de classificação da Série C se ganhar do Fortaleza e for favorecido pelos resultados de Salgueiro e Cuiabá. O Águia sai da posição de degola se ganhar do Crac em Marabá e for favorecido por derrota do Treze para o CRB, em Campina Grande.

Para ler a coluna completa, assine O Liberal Digital!