19 de março, 2015 - Belém

Re-Pa: desdobramentos na divisão de renda


Foto: Akira Onuma

Re-Pa: desdobramentos na divisão de renda

O acordo já foi costurado entre os presidentes dos clubes e da FPF, não só para a divisão da renda do Re-Pa, mas também para o silêncio das partes sobre o assunto. Afinal, qualquer declaração pode reativar o “incêndio”. A questão colocou em maus lençóis o presidente azulino, Pedro Minowa, pelas pressões internas de quem não admite a divisão, já que o regulamento do campeonato ampararia o Remo como mandante para levar 100% da renda líquida. A FPF fez adendo no regulamento para renda dividida. O acordo é uma prevenção. E os dois clubes devem formalizar o entendimento na própria segunda-feira. Contudo, remistas inconformados ameaçam ir à Justiça, contra a FPF, com base no Estatuto do Torcedor. Sem entrar na discussão de quem tem ou deixa de ter razão, o que parece mais lamentável é a ação dos “incendiários”, sempre com grande poder de influência. Sobretudo os que agem por capricho ou por interesses particulares, fazendo “terrorismo” a partir da rivalidade. 

Um Galo de crista alta no terreiro alheio

Podendo perder até por quatro gols de diferença, ou por cinco, desde que faça o seu, o Galo Elétrico está de crista alta no terreiro alheio, hoje, em Juazeiro/CE, contra o Icasa. A classificação à segunda fase da Copa do Brasil está praticamente garantida, para provável confronto com o Goiás. O Independente deverá ser o segundo clube do interior do Pará a entrar na segunda fase da Copa do Brasil. O primeiro foi o Águia de Marabá, que em 2009 teve participação brilhante. Venceu o América Mineiro duas vezes (2 x 1 e 1 x 0) e o Fluminense em Belém (2 x 1), sendo eliminado ao perder no Rio por 3 x 0. A goleada sofrida para o Brasília (4 x 0) na Copa Verde, depois de ter vencido em Tucuruí (2 x 0), tem dois efeitos para o jogo de hoje. Causa alguma preocupação quanto a estabilidade do time, mas também torna o Independente mais prevenido. Vejamos.

Para ler a coluna completa, assine O Liberal Digital!