18 de março, 2015 - Belém

Hoje, Papão completa 60 jogos na Copa do Brasil


Foto: Akira Onuma

Hoje, Papão completa 60 jogos na Copa do Brasil

m 17 participações na Copa do Brasil, o Paysandu tem 59 jogos, com 23 vitórias, 13 empates e 23 derrotas. 46,3% de aproveitamento. Hoje, em Rio Brilhante/MS, cidade do azulino Val Barreto, contra o Águia Negra, o Papão faz o seu 60º jogo na CB. Se eliminar o time sul-matogrossense, o clube bicolor deverá enfrentar o ABC, que venceu o Boavista no RJ (1x0) e amanhã decide em Natal. O Águia Negra é um dos líderes do campeonato estadual e  deve dar trabalho no jogo de hoje, mas o Paysandu é favorito para a classificação. É muito importante a volta de Augusto Recife (foto), que não jogou em Castanhal. No sistema de jogo implantado por Dado Cavalcante, o volante Augusto Recife é a peça que quebra a marcação do adversário nos seus avanços ao ataque, função desempenhada também por Pikachu e Jonathan. O time está em franca ascensão e começa a transmitir confiança à torcida.

Leão por conta da alma em Cametá

O Remo só tem uma chance de ser feliz em Cametá, hoje à noite. É jogando com a alma, se impondo com garra, tal como nas suas últimas visitas à cidade, quando empatou (2 x 2 em 2012) e venceu duas vezes (2 x 1 em 2013 e 2 x 0 em 2014). Até agora, em cinco jogos no campeonato, o Leão Azul só obteve uma vitória: 1 x 0 sobre o Castanhal. No mais, duas derrotas e dois empates. Hoje, se ganhar do Cametá, se redime do frustrante empate (5 x 5) com o Tapajós e fica em situação privilegiada no 2º turno, onde já é líder do seu grupo por critérios de desempate. A ausência do zagueiro Max, substituído por Igor João, é compensada pela volta do volante Dadá, um dos mais valentes do time. O técnico Zé Teodoro cogita uma mudança no ataque, abrindo mão de Flávio Caça Rato ou Roni. Desconfio que a ideia dele é escalar Jadílson na lateral esquerda e passar Alex Ruan para o meio de campo, adiantando Eduardo Ramos, para ter um time mais compacto e consistente. Ou simplesmente trocando Caça Rato por Val Barreto, que subiu de cotação no elenco.

Para ler a coluna completa, assine O Liberal Digital!