09 de maio, 2014 - Belém

A soberania de Remo e Paysandu como antigamente


Leão e Papão soberanos como nos velhos tempos

Os campeonatos de 2004 e 2005 eram os últimos em que Remo e Paysandu reinaram, ainda sem grande representatividade do interior. Nos oito últimos campeonatos, só um dos dois foi finalista. Este ano, Leão e Papão voltam a fazer a decisão do título, num campeonato em que foram os únicos representantes da capital. O Independente venceu o Paysandu (2 x 1) e o Remo (3 x 0) em Tucuruí. O Paragominas , em casa, ganhou do Remo (1 x 0). E o Cametá derrotou o Paysandu (1 x 0) na Curuzu. Foram as únicas glórias do interior sobre a capital. Nos Re-Pas, uma vitória do Papão e três empates.

Um dado traduz bem a soberania da dupla Re-Pa no campeonato. Juntos, os dois representantes de Belém somaram 20 vitórias. Os seis clubes interioranos, na soma das suas conquistas, também totalizaram 20 vitórias. Todos os indicativos de rendimento, como artilharia e produção defensiva, colocam Remo e Paysandu nas duas primeiras posições. Soberanos como nos velhos tempos. Na pontuação geral o Papão lidera com 38 pontos e o Leão é vice com 37, enquanto o terceiro colocado, Independente, fez 23 pontos. Seja quem for o campeão paraense de 2014, terá números para legitimar a conquista.

“Tira cisma” duplo na Série C

Se os seis jogos já disputados entre Fortaleza e Águia na Série C terminaram empatados, os dois entre Paysandu e ASA na Série B de 2013 também não tiveram vencedor. 1 x 1 em Paragominas e também em Arapiraca. Portanto , duplo “tira cisma” na rodada da Série C, amanhã, 19 horas, em Castanhal e segunda-feira, 21h30, em Fortaleza. Dois jogos programados para transmissão ao vivo pela Rede Brasil e pelo Esporte Interativo.

O Fortaleza, que jogou com portões fechados contra o Cuiabá, na rodada anterior, volta a ter a força da torcida e não poupa respeito ao Águia. O Paysandu continua cumprindo punição e ainda joga sem torcida, tanto amanhã contra o ASA como no dia 25 contra o Botafogo/PB, em Castanhal. O time alagoano empatou em Campina Grande , com o Treze (1 x 1) no único jogo que fez neste campeonato, mas está dando provas de força na Copa do Brasil. Goleou o Paragominas (4 x 0) na Arena Verde e venceu o Avaí (3 x 2) no primeiro jogo da segunda fase.

Remo com punição a cumprir na Série D

Garantido na Série D, o Remo já pode (e deve!) pleitear no STJD a transformação da sua pena de quatro jogos longe de Belém, com direito à cobrança de ingressos, por dois jogos com portões fechados em Belém. A punição foi aplicada em 2012 por causa do arremesso de objetos ao gramado do Baenão no jogo contra o Náutico de Roraima e ao gramado do Mangueirão após o jogo contra o Mixto do Mato Grosso.

A Série D vai começar dia 27 de julho. Na próxima semana a CBF vai divulgar a composição dos grupos e a tabela básica. Na primeira fase o campeonato terá sete grupos de cinco clubes e um grupo com seis clubes. Vão se classificar dois clubes de cada grupo. A partir da segunda fase, a Série D será jogada no sistema de “mata mata”. A terceira fase vai definir os quatro clubes do acesso à Série C de 2015, o que deverá acontecer no final de outubro ou início de novembro. Os remistas entram na competição obstinados por essa ascensão.

Para ler a coluna completa, assine O Liberal Digital!