20 de outubro, 2013 - Belém

Leão ou Papão, quem venceu mais como visitante no Brasileiro?


O Remo tem 39 participações no Campeonato Brasileiro (14 na 1ª, 21 na 2ª, 02 na 3ª e 02 na 4ª divisão), fazendo 306 jogos como visitante e vencendo 56 (16%), perdendo 171 e empatando 79. O Paysandu tem 40 participações (20 na 1ª, 13 na 2ª, 07 na 3ª divisão, com 364 jogos como visitante, vencendo 36 (9,9%), perdendo 215 e empatando 113. Os dados aqui explorados são da WSC, empresa que presta serviço à Rede Globo, Enciclopédia do Futebol Paraense (pesquisador Ferreira da Costa) e Na Grande Área (site da agência Futebol Interior).
           
O Papão está penando na atual Série B por ser o único time do campeonato que ainda não venceu como visitante. Tem 12 derrotas e 3 empates. A raridade das vitórias de Leão e Papão fora de casa (quadro abaixo), em quatro décadas de Campeonato Brasileiro, vale uma reflexão. Por que nossos principais clubes são tão vulneráveis em território inimigo? Essa pergunta deve provocar as mais diferentes respostas. Tenho uma resposta para cada época. Até os anos 80, quando não havia tanta rotatividade de jogadores e os times tinham base duradoura, os talentos individuais eram mais decisivos. Assim, os grandes clubes eram soberanos. A partir dos anos 90, com a intensa rotatividade de jogadores, nossos clubes caíram no pecado elementar de formar seus times dentro do campeonato, sob a pressão emocional da luta contra rebaixamento, abusando da importação de jogadores descompromissados e incompetentes. Pelas duas razões, nas duas épocas, o mesmo desempenho pífio. Essa contextualização histórica sugere reflexão dos cartolas para planejamentos futuros, em nome de menor gastança e melhores resultados.
 

56 vitórias do Remo como visitante:  
 
1973 = 1 x 0 na Desportiva/ES
1975 = 2 x 1 no Flamengo/RJ
1977 = 1 x 0 no América Mineiro e 2 x 0 no Nacional/AM
1978 = 3 x 0 no Fast Club/AM e 2 x 0 no Vila Nova/MG
1980 = 1 x 0 no Operário/MS e 1 x 0 na Portuguesa de Desportos/SP
1981 = 1 x 0 no Maranhão
1983 = 1 x 0 no Ceará
1984 = 2 x 1 no Maranhão
1985 = 2 x 0 no Sergipe e 2 x 0 no Flamengo/PI
1989 = 2 x 0 no Maranhão
1990 = 1 x 0 no Treze/PB e 3 x 1 no Santa Cruz/PE
1991 = 1 x 0 no Rio Branco/AC; 1 x 0 no Maranhão e 3 x 1 no Rio Negro/AM
1992 = 2 x 0 no Taguatinga/DF; 1 x 0 no Confiança/SE; 2 x 1 no Itaperuna/RJ; 2 x 1 no Americano/RJ e 2 x 0 no Fortaleza
1993 = 2 x 1 no Goiás
1994 = 1 x 0 no Cruzeiro/MG; 1 x 0 no Náutico/PE; 1 x 0 no Vitória/BA e 5 x 1 no Cruzeiro/MG
1995 = 1 x 0 no Moto Clube e 2 x 0 no Ceará
1996 = 4 x 0 no Ceará e 2 x 1 no Joinville/SC
1998 = 3 x 0 no Londrina/PR; 1 x 0 no Atlético Goianiense e 2 x 1 no Náutico/PE
1999 = 2 x 1 no CRB/AL
2000 = 2 x 1 no River/PI; 2 x 0 no Náutico/PE e 2 x 1 no Ceará
2001 = 2 x 1 no Fortaleza e 2 x 1 no Sergipe
2002 = 2 x 1 no Vila Nova/GO
2003 = 1 x 0 no Marília/SP; 3 x 1 no Gama/DF e 3 x 1 no Londrina/PR
2004 = 1 x 0 na Anapolina/GO
2005 = 2 x 0 no Nacional/AM e 2 x 1 no Novo Hamburgo/RS
2006 = 2 x 1 no Vila Nova/GO e 1 x 0 no Guarani/SP
2007 = 3 x 2 no Avaí/SC
2008 = 1 x 0 no Progresso/RR e 2 x 1 no Luverdense/MT
2012 = 2 x 1 no Náutico/RR e 3 x 2 no Atlético/AC
 
 
36 vitórias do Paysandu como visitante:

1973 = 2 x 0 no Goiás
1974 = 2 x 1 no Avaí/SC
1976 = 1 x 0 no Ceará
1977 = 3 x 2 no Fast Club/AM
1978 = 2 x 0 no Nacional/AM
1980 = 2 x 1 no Piauí
1982 = 3 x 2 no Bahia
1985 = 1 x 0 no Nacional/AM e 1 x 0 no Sergipe
1987 = 2 x 0 no Nacional/AM
1989 = 3 x 0 no Sampaio Corrêa/MA
1990 = 2 x 1 no Tiradentes/PI
1991 = 1 x 0 no Rio Branco/AC
1993 = 1 x 0 no Santa Cruz/PE e 2 x 0 no Fortaleza
1994 = 1 x 0 no Vitória/BA; 3 x 1 no Atlético Mineiro; 2 x 1 no São Paulo e 1 x 0 no Palmeiras
1997 = 2 x 1 no ABC/RN
1998 = 2 x 1 no Santa Cruz/PE
2000 = 3 x 0 no CSA/AL; 2 x 1 no América de Natal; 1 x 0 no Bandeirante/DF e 1 x 0 no Fortaleza
2002 = 2 x 1 no Flamengo/RJ
2003 = 2 x 1 no Fortaleza e 2 x 0 no Vasco/RJ
2004 = 1 x 0 no Vasco/RJ e 2 x 1 no Juventude/RS
2005 = 2 x 1 no São Caetano/SP e 2 x 1 no Fortaleza
2006 = 6 x 2 na Portuguesa de Desportos/SP e 1 x 0 no América de Natal
2010 = 2 x 0 no São Raimundo/Santarém (Série C)
2012 = 2 x 1 no Guarany de Sobral/CE