27 de setembro, 2015 - Belém

Bernardino Santos


A executiva Ângela Maiorana Kzan está em dia de soprar velinhas e ganhar o coro de parabéns pra você, puxado pelo marido Caito Martins e filhos.

Arte Pará

O artista Daniel Lie, de SP, selecionado para o Arte Pará 2015, já está em Belém para montar sua exposição, com um toque de performance. Colocará uma mesa com frutas para o público comer e participar. O salão tem patrocínio dos Supermercados Nazaré e da Faculdade Integrada Brasil Amazônia - Fibra. 

E vem outubro...

Faltam três dias para outubro. Esse mês têm um significado muito grande para nós, com a realização do Círio de Nazaré, o natal dos paraenses. 

Festa do povo

  •  A diretoria da Festa de Nazaré deve saber que o Círio não é um evento da igreja católica. É uma festa do povo, de todas as religiões e credos. 
  •  O Círio não é uma procissão de contritos, mas uma caminhada de alegria e confraternização. Portanto, cuidado com o andor...

Pois é...

Ajustar como? São 75% do orçamento da União só para pagamento a pessoal e benefícios.

O rico sistema “S”

Não é por acaso que o ministro Levy quer fatiar a grana do Sistema S. Só em 2014 o sistema recebeu R$ 18 bilhões.

Belém 400

Entrou em ritmo de “todo vapor” o trabalho da comissão que prepara a festa dos 400 anos de Belém. Esta semana o pelo prefeito Zenaldo bate o martelo da agenda.

Georgenor em MG 

  •  Com juristas brasileiros, latino-americanos e europeus, será realizado, de 7 a 9 de outubro, em Minas Gerais, o Seminário Internacional “Estado, Constitucionalismo Social e Proteção dos Direitos Humanos”. 
  •  Promovido pela Universidade de Itaúna, terá dentre os conferencistas, o paraense Georgenor Franco Filho, que falará sobre “A proteção constitucional dos direitos dos trabalhadores”.

Será mesmo?

Empresários do transporte coletivo alegam ser economicamente inviável a linha fluvial Icoaraci-Belém.   

Questão de força

Bancada do Maranhão em Brasília trabalha para instalar a Zona Franca de São Luís. Os paraenses não conseguem remover nem as pedras do Tocantins. 

Verde

O presidente José Carlos Lima começa a sondar a militância do Partido Verde, sobre a possibilidade de candidato próprio a prefeito de Belém.

Advogados de 59

A turma “Clovis Beviláqua”, da Faculdade de Direito, completa 56 anos de formatura. Todo ano - sem falhar um só - o grupo comemora. Dos 60 advogados, agora são apenas 17, entre os quais o  professor Édson Franco, que está convocando os colegas para o jantar, no dia 4 de outubro, na Estação.

Mario Baratta

O artista plástico Mario Baratta, que reside em Macapá, deixou em Belém uma série de aquarelas sobre a primavera, produzidos para a coleção que já existe na Fox .

Bastidores

A estilista Stela Rocha, que faz o manto de Nossa Senhora, para o Círio, estã na coluna “Nos Bastidores”, aqui no Magazine, revelando detalhes. A Santinha “prova” o manto duas vezes.

Com ternura

Do jornalista José Maria Leal Paes, na web: “O calor em Belém do Pará está de fritar ovo em moleira de bebê. Quentura pura. Não esfrie nem resfrie a luta. Climatize-se com a ternura, apenas.” 

Aeroporto internacional?

  •  O padre Plutarco Almeida torceu o pé e precisou viajar de Belém para Brasília. Sem poder andar, esperou quase meia hora por uma cadeira de rodas, que não apareceu. A solução encontrada foi carregar o religioso até o avião. 
  •  Na volta, já havia uma cadeira de rodas, mas a saída foi pelo setor de embarque porque o desembarque não tem estrutura para cadeirantes. E, ainda tem gente que denomina o aeroporto “internacional”. Pode?

SAL&PIMENTA


A advogada Michelle Ferro e Silva, aqui com a filha Vitória, troca de idade hoje, com os festejos entre os mais chegados. Parabéns, amiga.

  • O senador Flexa Ribeiro está de olho na reeleição, mas topa ser candidato ao governo, em 2018.
  •  Já se vão para 20 anos a construção da Avenida João Paulo II. Quando começou era Avenida Primeiro de Dezembro. A obra está mais lenta do que tartaruga grávida. 
  •  No Brasil só quem paga imposto são trabalhadores e parte da classe média. O rico ri à toa. 
  •  Mais uma greve poderá eclodir: a dos bancários. Fique de olho!
  •  Soou  a hora da verdade: a Caixa ameaça retomar casas do “Minha Casa, Minha Vida” por inadimplência. É alto o calote dos usuários.
  •  Ao aumentar os juros da casa própria, a Caixa sinaliza que rio e mar não estão para peixinho.
  •  O cáustico Delfim Neto: “No Brasil de hoje, esquerda e direita são sinais de trânsito”. 
  •  Conciliar é melhor que litigar. Concilie-se com você próprio/a. 
  •  A continuar a lufada de calor em Belém, o jeito é sair de tanguinha e ventilador portátil, a pilha.
  •  A Semob sofistica a aflição das multas no trânsito desgovernado: as notificações, além dos Correios, chegarão pela internet.
  •  Haja sofrimento, paciência, resignação: 30 dias de bloqueio de uma das pistas da rodovia Augusto Montenegro. 
  •  Sabe quando o pato voa mais alto em Belém? Quando o Círio se aproxima. Os preços decolam. 
  •  De novo, o pãozinho está mais caro. Pudera: são importados 60% do trigo consumido no Brasil. 
  •  Anote para se prevenir: a cada hora, uma pessoa é diagnosticada com Mal de Alzheimer no mundo, que hoje registra população de 47 milhões afetada pela doença. 
  •  Deu na mídia: desde que a Operação Lava Jato começou a prender ladrões bacanas, 15 mil trabalhadores foram demitidos dos estaleiros. 
  •  A Vigilância Sanitária flagrou o que todos desconfiam: é alto o índice de contaminação na chamada comida de rua, em Belém. 
  •  Os “fiscais da vida alheia” continuam dando plantão nos eventos sociais de Belém. Eu choro!
  •  “Os loucos às vezes se curam. Os imbecis nunca.” (Oscar Wide)

VITRINE


  •  Celebra-se hoje o Dia Nacional do Doador de Órgãos. Entidades de apoio a iniciativa para transplantes estarão reunidas logo mais na praça Batista Campos.
  •  O desembargador João Maroja ganhou festa surpresa dos amigos do Tutto, ontem pela manhã, pilotada por Lúcia Falângola.
  •  Edna e Evandro Mutran retornaram de Miami, onde estavam em temporada de lazer.
  •  O jurista Nelson Mannrich, de São Paulo, toma posse, dia 13 que vem, na Academia Brasileira de Letras Jurídicas.
  •  O companheiro Ary Souza, repórter fotográfico dos bons, trocou de idade na sexta-feira e ganhou homenagem dos colegas na redação de O LIBERAL. Hoje o aniversário é da sua esposa Berna Tavares Souza.
  •  Bom dia para o cardiologista Eduardo Mendonça, leitor da coluna, logo cedo, no café da manhã. 
  •  O maestro Tinoko está formando uma orquestra de alto nível para se apresentar no baile do centenário da Assembleia Paraense.
  •  Estão lindos e floridos os ipês plantados na Avenida Almirante Barroso. Por que não se planta mais?
  •  Vamos florir Belém. Não espere pelo poder público. Semeie flores.
  •  Visagens estão aparecendo no palacete abandonado da Av. Nazaré esquina da Dr. Moraes. Quem passou por lá, a noite, já viu.
  •  Não duvido nada! Yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay
  •  O casal Rejane e Denis Cavalcante já em Belém, depois de temporada nos Estados Unidos.
  •  Nosso cronista João Carlos Pereira escreve amanhã, no Magazine, sobre o calor infernal de Belém.
  •  Cantinho da poesia: “E desde então, sou porque tu és/ E desde então és/ sou e somos.../ E por amor, Serei... Serás...Seremos...” (Pablo Neruda)
  •  Por hoje é só. Um domingo feliz, belo e luminoso para você. Eu volto amanhã.