11 de maio, 2015 - Belém

Bernardino Santos


A lindinha Beatriz Leão de Carvalho completa hoje os seus felizes 15 anos. Mas as comemorações ficam para a noite de sexta-feira, no buffet Champagne, onde Beatriz recepcionará seus convidados ao lado dos pais, Rose e João Elysio de Carvalho, e do irmão, Felipe.

CNJ nas redes sociais

O Conselho Nacional de Justiça alcançou, até agora, a marca de 1,5 milhão de seguidores nas redes sociais. O número expressa o primeiro lugar no ranking do Facebook entre instituições públicas e a terceira página com conteúdo governamental mais acessada no mundo. 

Em outras redes, como o Twitter, o CNJ possui atualmente 298 mil seguidores. Já no Instagram, o caçula das redes sociais do CNJ, criado em novembro de 2013, conta com 13 mil seguidores. 

Chapéu na tribuna

Parece que as pessoas perderam o senso mesmo. A moda de usar chapéu tipo panamá está virando epidemia. Não basta usarem em solenidades oficiais e em ambientes fechados. O pior aconteceu no Senado, onde um senador do Tocantins foi falar da tribuna de chapéu e tudo contra a redução da maioridade penal.

Jubileu de Prata

Os jornalistas e publicitários Anselmo Game e Socorro Oliveira estão comemorando neste mês os 25 anos da Fax Comunicação e Publicidade. Daqui vão os nossos cumprimentos.

Belas fotos

A exposição “Campos Abertos do Marajó”, do fotógrafo Octávio Cardoso, com imagens colhidas em fazendas de gado da Ilha de Marajó, pode ser vista no Museu Emílio Goeldi. Octávio consegue mesclar a força rude dos animais e dos vaqueiros com a belezas das paisagens que servem de cenários para a estética imaginativa do autor. 

Higene das mãos

Os hospitais de todo o país passara a semana passada em campanha de higiene das mãos. Por incrível que pareça, ainda há muito profissional de saúde que não tem o hábito simples de usar água e sabão – e agora álcool gel – para higienizar as mãos antes e depois de um procedimento. No país, a taxa de infecção hospitalar é de 5% a 20% de pacientes internados. 

Em Santarém, o Hospital Estadual do Baixo Amazonas, administrado pela Pró-Saúde, mantém há três anos a taxa de 7% de infecção hospitalar. Lá, a campanha é direta, inclusive com pacientes, visitantes, acompanhantes, que passaram a cobrar dos profissionais da saúde a lavagem das mãos. Bom que seja assim.

Onda verde

Além do trânsito caótico, os semáforos cada vez em maior número deixaram de ser programados para a “onda verde” e fazem os veículos pararem em quase toda a esquina. Falta ou não existe engenharia de tráfego na Semob. 

Mudanças na TV

A Rede Globo aproveitou os festejos de 50 anos para dar uma mudada geral em sua programação e no formato dos telejornais. Mais próximo da GloboNews, onde os âncoras têm mais liberdade, os apresentadores da emissora agora se levantam, interagem, improvisam. Tudo pela audiência e para atender um telespectador cada vez mais exigente, que tem migrado para a tevê por assinatura.

Queda nas vendas

Algumas empresas comerciais e prestadoras de serviço instaladas no Entroncamento sofreram forte redução no faturamento com a ativação do anel viário. Um exemplo: oito paradas de ônibus foram remanejadas pela Semob da frente do prédio onde funcionava filial do Cartório Conduru. Consequência: queda de 70% do movimento.

Carro difícil

Revendedora de veículos enfrenta dificuldade na hora da venda para a classe média. Além do preço alto do carro, os bancos criam as maiores dificuldades na hora do financiamento.

Reunião em Breves

O município de Breves vai sediar, dia 22 próximo, a reunião do Plano Plurianual, sob a coordenação do secretário estadual de Planejamento, José Colares. Os prefeitos do arquipélago, através da Amam, estão relacionandno uma série de demandas.

Mora paraense

Com foco na criatividade,  a 21a edição do Encontro Paraense de Moda e Artesanato (Epama), que vai de 14 a 16 de maio, com o tema Inova Moda e a presença da estilista Sandra Machado, que vem de São Paulo especialmente para o evento. Também acontecerão desfiles da Rommanel Joias. A realização é da Costamazônia em parceria com o Curso de Design de Moda da Faculdade Estácio FAP.

Mãe não morre

Ontem, no Dia das Mães, lembrei desses versos: “Fosse eu Rei do Mundo baixava uma lei: mãe não morre nunca. Mãe ficará para sempre junto do seu filho, e ele, velho embora, será, aos olhos da mãe, pequenino feito um grão.” (Carlos Drummond de Andrade)

Vitrine

O colunista Pierre Beltrand marcou para 27 de setembro a apresentação da Hostess do Ano-2015, que vai marcar os 60 anos do evento que ele realiza anualmente.

Excelente (como sempre) a crônica de Zildinha Sequeira sobre o Dia das Mães, publicada ontem na revista Troppo, de O LIBERAL, com homenagem a quaridíssma Nazilda Sequeira, a sua mãezinha. 

A desembargadora Izabel Benene está arrumando as malas para uma temporada em Portugal.

Logo mais Selma Aviz segue para mais um tour pela Europa com um grupo de amigas, da qual faz parte Elba Santos Tavares. Serão 15 dias de lazer pelo Leste europeu.

Economia, Engenharia Civil e Ecologia são os novos cursos de Doutorado da Universidade Federal do Pará. 

Bom dia para o médico angiologista Paulo Toscano, Filho, leitor da coluna, logo cedo, no café da manhã.  

Dê bons livros a seus filhos. Incentíve-os a leitura. Quem não lê não escreve nem fala.

Amanhã à noite, Pedrinho Cavalero, Giseli Gris e Bob Freitas voltam ao Fiteiro com mais um show de bossa nova.

Ônibus continuam pegando e deixando passageiros no meio da rua. Um perígo enorme.

O monsenhor Geraldo Menezes, uma das figuras destacadas da Igreja Católica paraense, fez aniversário ontem. Mesmo com atraso, seguem os cumprimentos.

Até o final do mês, Luiz “Treviso” Martins assume o comando do novo restaurante do Paysandu, na avenida Nazaré. 

Com o Dia das Mães, os lojistas tiveram bom faturamento. Logo depois, em junho, vem o Dia dos Namorados, quando o comércio espera boas vendas.

Só lembrando: já pediu a bênção de sua mãe, hoje. E da vovó?

Cantinho da poesia: “Neste instante já não sou nada, somente corpo, boca e pele. E a vida brota da semente,  dos segundos de êxtase. Tuas mãos como um brinquedo  passeiam pelo meu corpo, no segredo da noite.” (Cláudio Marczak)

Por hoje é só. Agora me deem licença, a musa me chama. Amanhã não tem coluna, mas eu volto na quarta-feira. Até lá, amigos.