02 de fevereiro, 2015 - Belém

Bernardino Santos


Rainha

Tudo pronto para acontecer em alto estilo a eleição da Rainha das Rainhas do Carnaval, tradicional evento das ORM, nesta sexta-feira, dia 6, no Hangar. Vinte e uma jovens, representando diversos clubes de Belém, vão disputar o título usando luxuosas fantasias. O certame tem o patrocínio de Mônaco Veículos, Draft e Valeverde. 

Água 

Como pode o país que tem a maior bacia hidrográfica do mundo submeter seus filhos ao flagelo da seca no Nordeste e, agora, no Sul maravilha? Distância nunca foi problema para a engenharia. 

Pois é...

Por culpa de maus políticos e empresários corruptores, os títulos da Petrobras deixaram de ser indicador de status, nos States.

Tarde Alegre

No próximo dia 10, a diretoria do Pão de Santo Antônio promoverá uma “Tarde Alegre” no salão de festas da instituição com direito a lanche, sorteio de prêmios e brindes, a partir das 16 horas. Maria Clara Penna de Carvalho vai pilotar o evento.

Frutas da inflação

Aproveitando a onda de boatos, comerciantes especuladores reajustaram o preço das frutas acima da inflação. 

Chose de loque

Como pode alguém ter o nome divulgado no listão dos aprovados e, depois, ser informado de que foi reprovado no vestibular? Agora o candidato é chamado novamente para entrar na universidade. Mas que angu! 

Sangue

O Hemopa realizará campanha de doação de sangue no carnaval, para reforçar estoques. 

Igualdade na ONU

A Organização das Nações Unidas acaba de lançar o manual construindo a igualdade no mundo do trabalho: combatendo a homo-lesbo-transfobia, que oferece diretrizes para a promoção dos direitos humanos de LGBTs no mundo do trabalho.

Um absurdo

Verdade verdadeira! Experimente ligar agora para o 151 do Procon. Não atende desde setembro do ano passado. Pode? 

Para refletir

“Deveríamos olhar demoradamente para nós próprios antes de pensarmos em julgar os outros.” (Jean Molière)

Cuidado

As “cocadas” de cimento ao longo da pista de BRT na avenida Almirante Barroso de vez em quando são arremessada para o meio da pista quando passa um “expresso”. Olho vivo!    

Homofobia braba

O “imortal” Octávio Avertano Rocha revelou,durante conferência que proferiu esta semana, na Academia Paraense de Letras, a razão de, mesmo tendo fortes raízes no Pará, o escritor Oswald de Andrade jamais ter colocado os pés aqui. 

Segundo Avertano, Oswald teria sabido que o poeta Mario de Andrade havia estado em Belém e saído livremente do armário, assumindo uma homossexualidade até então reprimida. 

Ao saber disso, Oswald, que era “de Andrade” mas nenhum parentesco possuía com o poeta de “Pauliceia Desvairada”, temeu que achassem que ele também era gay. Quanta homofobia!

Pedrinho na Bossa 

Os cantores Pedrinho Cavallero e Giseli Gris, acompanhados pelos magos Sagica e Bob Freitas, fazem um revival de Bossa Nova nas noites de terças-feiras, no Fiteiro. Vale a pena conferir.   

Riozinho

O empresário e escritor André Nunes, que também é dono do restaurante rural Terra do Meio, marcou para o dia 11 de fevereiro o lançamento de “Xingu”, seu mais novo livro de crônicas e causos. A sessão de autógrafos será na Estação das Docas, às 19 horas. Na ocasião, André autografa também “A Batalha do Riozinho do Anfrísio”, já sua 3a edição.

Lágrimas na sociedade

A sociedade paraense chora a morte de grandes figuras que ocorreram no final da semana: Celeste Porto, que era irmã do senador Jarbas Passarinho e mãe do deputado Joaquim Passarinho; de João Baptista Azevedo, o querido Jango, que foi um dos grandes cirurgiões dentistas e excelente contador de estórias da cidade. Outra perda irreparável foi do médico Antônio Fontelles de Lima, profissional competente e dono de grande legião de amigos e da médica Suely Cabral, muito querida entre seus colegas e pacientes. Paz às suas almas.

Vitrine

O show de Gercica Gessy, em homenagem a Zizi Possi, será apresentado no próximo dia 22, às 20 horas, no Teatro Gasômetro.

Alipinho e Wânia Martins estão completando hoje 41 anos de um feliz e bonito casamento. Daqui vai o nosso abraço ao casal amigo.

Depois de alguns dias acamada, a competente juíza Sarah Castelo Branco volta às atidades no Judiciário e na Academia Paraense de Letras, da qual é uma das acadêmicas.

Vai começar a campanha eleitoral para a presidência da Assemblé Paraense. O pleito será em junho.

Daniel Lopes, o atual presidente da AP, será candidato à reeleição, mantendo o Afonso Lobato na vice.   

Bom dia para a oftalmologista Altair Trindade, leitora da coluna logo no café da manhã.

E os canteiros das avenidas e rodovias de Belém, hein? Continuam sem flores.

A professora Nelly Cecília Rocha dá início ao seu curso de redação Arte da Palavra.

Você sabe e repete: quem faz e acontece, no Bernardino aparece.

A competente Norma Aguiar passou a colaborar com a comissão dos festejos dos 400 anos de Belém. Foi uma boa aquisição do prefeito Zenaldo.  

Faça sua parte: não deixe apagar a chama da luta contra a Aids. Que mata. 

É muita cara de pau ex-ministro admitir que fez parte de uma quadrilha.   

Não preciso que me digam de que lado nasce o Sol, porque bate lá o meu coração. 

O Clube do Remo não me deu alegria neste domingo. Tropeçou logo na estréia e entregou três preciosos pontinhos ao Parauapebas.

Torcedores remistas foram prestigiar o time, mas os jogadores decepcionaram.  

Eu assisti ao jogo pela tevê e observei que o gramado do Mangueirão não foi preparado para o campeonato paraense. Está muito ruím. Bola murcha para a a Secretaria de Esportes.

Só lembrando: já pediu a bênção de sua mãe, hoje? E da vovó?

Cantinho da poesia: “Perdoa por eu ter acreditado nesse sonho todo dia. Perdoa por eu ter te perdoado na hora que eu devia te esquecer. Perdoa por eu ter me preparado e me guardado pra você.” (Peninha)

Por hoje é só. Uma semana de muita luz e paz para todos nós. Amanhã não tem coluna, mas eu volto na quarta-feira.