09 de novembro, 2014 - Belém

EU GOSTARIA DE SER TODO VINHO E ME BEBER EU MESMO”


O NOME DO VINHO THE DEAD ARM SHIRAZ, BAROSSA VALLEY, AUSTRÁLIA

D’Arenberg é um dos produtores de vinho mais famosos da Austrália. Os australianos são conhecidos por suas excentricidades, razão pela qual a maioria de seus vinhos têm nomes bizarros como “The Money Aranha” ou “The Twenty-Eight Road”. Porém, nenhum é tão curioso como o clássico The Dead Arm Shiraz. Dead Arm (Braço Morto) é uma doença da videira causada pelo fungo Eutypa Lata que afeta vinhedos em todo o mundo. As videiras afetadas precisam ser severamente podadas. Depois da poda, “o braço morto” vai reduzindo e o tronco morre. Esse lado fica sem vida, mas o aumento da concentração e da intensidade no outro braço da videira, faz com que as uvas apresentem baixo rendimento e incrível intensidade.

ACESSÓRIOS DE BACO

CORTADOR DE CHARUTOS 

Excelente cortador da marca americana Xikar. Lâminas de HRC 57 (índice Rockwell de qualidade do aço) garantem cortes sempre precisos. Corta charutos de até 21mm de diâmetro. À venda na Charutos & Cachimbos (charutos&cachimbos.com), por R$ 350,00.

BAFORADAS DE BACO

BOLIVAR ROYAL CORONA

 Quando se pensa em charuto encorpado, a marca Bolivar logo vem à mente. O Bolivar Royal Corona é um charuto poderoso e rico em sabor e com as mais altas avaliações pela mídia especializada. Um charuto delicioso, uma verdadeira bomba de sabor, com notas de couro e chocolate e um longo retrogosto, literalmente gorduroso e picante. Uma perfeição na companhia  do “Single Malt Laphroaig 25 Years”. 

CURIOSIDADE

BANHO DE VINHO

O jogador de basquete norte-americano do New York Knicks, Amare Stoudemire, declarou que toma banhos de vinho tinto para melhorar a saúde. Diz o craque: “O vinho é muito importante para mim porque me permite criar mais circulação nas células do meu sangue. É muito quente, como uma banheira quente”. E completa: “Depois de passar por esse dia de recuperação, minhas pernas parecem rejuvenescidas. Sinto-me ótimo, com certeza vou continuar.” O curioso é que o jogador diz que não conhece a qualidade do vinho usado em seus banhos. “Nunca provei”, afirma o atleta.