17 de maio, 2014 - Belém

Beer Troppo


Estilo 

Bière de Garde

Estilo muito comum no norte da França, sendo produzido em três versões, em escala crescente de cor: Blonde, Ambrée e Brune. Tem características marcantes de malte, sendo o lúpulo quase imperceptível. Em francês, o nome do estilo significa “cerveja de guarda”, mas não caia na pegadinha de envelhecer as garrafas por anos em sua adega. Acontece que as cervejas são produzidas nos meses mais frios e guardadas para serem consumidas na primavera e verão. Fácil de encontrar no Brasil, a francesa Jenlain Ambrée é referência no estilo. Suas notas carameladas, tostadas e frutadas (ameixas e maçãs) conferem complexidade ao líquido. O alto teor alcoólico - 7,5% - está bem inserido, tornando a breja bem equilibrada. Harmoniza muito bem com aves assadas, especialmente um bom pato recheado.

Templo da Cerveja: 

Stout NYC

Como o nome já denuncia, este pub gigante, com decoração rústica, fica em Nova York e é especialista no estilo Stout. Gigante porque tem três andares, vários ambientes e até uma cave bem aconchegante. A atmosfera do lugar é ótima, principalmente no final da tarde, quando está lotado de gente para brindar o tradicional happy hour. A carta de chopes, obviamente, dá grande destaque às cervejas escuras e torradas. Para quem acha que Stout é sinônimo de Guinness, prove a Old Rasputin Imperial Stout on tap. Uma experiência encantadora. A lista de garrafas inclui a Alesmith Speedway Stout, um das melhores do mundo. Se quiser variar um pouco, também pode: eles têm mais de 200 rótulos do mundo todo, com grande variedade de estilos. Se a fome bater, vá de costelas de porco com molho Stout... Sensacional!

novidades 

cervejeiras

l A cervejaria americana Stillwater desembarcou no Brasil para lançar duas cervejas colaborativas. E escolheu o estilo Saison para ambas. Fez uma com carambola, em parceria com a cervejaria 2Cabeças (RJ) e outra com caju, em conjunto com a cervejaria Tupiniquim. Em breve, essas belezas estarão nas prateleiras.

l Para quem conhece a cervejaria cigana Mikkeller sabe que ela não brinca em serviço. Por isso, ela acaba de mandar 22 novos rótulos para o país! Claro que não vou citar todos, mas destaco os estilos ácidos - Fruit Lambic e Sour. Na mesma leva também chega uma Belgian Dark Pale Ale maturada em barris de Grand Marnier, Chardonnay, Sauternes e St. Emilion!!

Água

no Chope

Uma comitiva de cervejeiros, em nome da Associação Brasileira de Microcervejarias, foi à Brasília para tentar convencer os deputados sobre a inclusão das cervejarias artesanais no regime tributário do Simples Nacional, o que traria grande incentivo ao setor, barateando o produto ao consumidor final. Infelizmente, não deu certo. As cervejarias artesanais, que promovem a gastronomia, o turismo local e o consumo responsável, continuarão com carga tributária altíssima. Péssima notícia para quem produz e, principalmente, para quem aprecia uma cerveja de qualidade.