01 de fevereiro, 2015 - Belém

Beer Troppo


Estilo: 

Dunkelweizen 

Esse estilo alemão é uma variação das tradicionais cervejas de trigo produzidas no sul do país da Oktoberfest. À base das Weizen, são adicionados maltes torrados, tornando a cerveja escura (dunkel significa “escuro”) e com notas terrosas e achocolatadas. Um ótimo exemplo do estilo é a Paulaner Hefe-Weissbier Dunkel, que trás notas de banana, cravo, chocolate e ameixa. Cerveja de baixo corpo e alta carbonatação, o que a torna prazerosa e fácil de beber. Para completar a experiência, harmonize com queijo Gouda. 


Templo da Cerveja:  

The Mighty, em Miami

A nova tendência de Miami são os gastropubs - bares com comidas mais elaboradas - que estão nascendo em toda parte. O destaque desse “boom” é o The Mighty, que possui uma carta de cervejas invejável e atmosfera underground. A especialidade da casa são as salsichas artesanais, fabricadas no próprio gastropub, como a de frutos do mar e a de pato com ervas e laranja. A seleção de brejas on tap - são 14 torneiras - tem desde opções locais, como a Cigar City Jai Alai IPA, a clássicos belgas. O cardápio de cervejas em garrafa também é um show à parte, com rótulos raros e difíceis de encontrar na Flórida. Se quiser, pode harmonizar as cervejas com a tábua de queijos e charcuterie da casa. O The Mighty fica em Coral Gables, local excelente, mas pouco explorado pelos brasileiros. Vale a pena!


Novidades 

cervejeiras

  •  Chegam ao Brasil seis rótulos da excelente cervejaria dinamarquesa Ugly Duck. Os destaques ficam por conta da Hop Devil (Imperial IPA) e da Imperial Vanilla Coffee 

  • Depois do sucesso da Curitiba Pale Ale na Terra da Rainha, a cervejaria Bodebrown produzirá uma Wee Heavy na Escócia, em parceria com a tradicional Caledonian Brewery. A breja será distribuída em mais de 900 pubs.

  • A cervejaria mineira Backer vai lançar a linha “Las Mafiosas”, com receitas elaboradas pela cervejeira americana Alex Nowell. Serão três rótulos: Corleone, Diabolique e Tommy Gun.